20 setembro 2013

Help! : Meus pais não me deixam sair

Oi galera! Tudo certo? Hoje vamos ajudar e dar um conselho a uma leitora que precisa muito. Seu nome é Fernanda (fictício) e ela comenta que mesmo tendo 18 anos, seus pais a proíbem de muita coisa. Pode ser o seu caso ou de uma amiga sua. Vamos acompanhar?


" Bom eu tenho 18 anos, trabalho e estudo. Minha vida é super corrida e meus pais me proíbem de tudo quando tenho tempo livre. Não posso sair, não posso namorar, não posso beber, não posso fazer nada! Preciso de conselhos, pois estou perdida sem saber o que fazer. Eu estou apaixonada por um guri da minha cidade e não podemos namorar porque minha família não deixa. Por favor me ajude! Eu acompanho seu blog e é muito bom. Me ajude pois estou triste e estou pensando em sumir daqui de vez. "

Palavras da Gessy
Fernanda primeiro parabéns por ser tão nova e já ter tanta responsabilidade. Trabalhar e estudar não é moleza. Já pensou em conversar com seus pais sobre isso? Explique pra eles que você trabalha e estuda e como a maioria das meninas da sua idade, você quer sair e se divertir na sua folga para esfriar a cabeça. Tem algo de errado nisso? Pode ser que eles não confiem tanto em você. Tente descobrir o porquê conversando com eles. Pode ser difícil... maaaas não custa nada tentar. E também pode ser que eles confiem em você, mas tenham medo, não de você fazer merda e sim dos outros fazerem merda com você. E outra, bebida é coisa séria. Não é legal ficar enchendo a cara por aí. Quando você fala em beber, pode ser que seus pais pensem que você quer tomar todas e na verdade, pode não ser bem assim.

Agora sobre o namoro: sua família conhece o menino que está apaixonada? Ele é um rapaz responsável? Se sim, mostre isso a sua família e não deixe de falar que você já é maior de idade e trabalha, já tem mais ou menos uma noção de como são as coisas. Fale as qualidades dele, sobre o trabalho dele, sobre o temperamento dele e jamais minta. Você quer conquistar ainda mais a confiança de seus pais e não diminuí-la.

Não fique triste e nem se revolte com seus pais. Eles te amam muuuito, mas talvez demonstrem isso de uma forma "errada". Entenda o lado deles e faça eles entenderem o seu. Eu te entendo perfeitamente porque comigo era mais ou menos assim, mas com muita conversa e paciência tudo caminhou bem. Tente!

Palavras de outros blogueiros

Clica nas imagens que elas ficam maiores ^^
E você? Já passou por isso? O que você faria se fosse a Fernanda? Opinem!

Lembrando que se você precisa de ajuda sobre algum assunto ou tem uma história de superação e auto-estima, você pode participar! Entre em contato aqui. Você pode usar nomes fictícios ^^

Comente com o Facebook:

14 comentários:

  1. Já passou muito por isso,já conversei demais com meus pais,mas eles são super protetores,dai eu acabei me acostumando com a ideia,então ficar em casa para mim é um descanso total,final de semana então é uma beleza!
    bjuuuu
    www.naocliche.com

    ResponderExcluir
  2. É complicado, mas ás vezes é preciso enfrentar as pessoas que amamos, ás vezes elas nos amam tanto e pensam que estão nos protegendo quando na verdade estão nos sufocando.. (www.reacreditar.com)

    ResponderExcluir
  3. Diálogo é o caminho e só através dele se terá ciência dos porquês.
    BR
    http://baudafilo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Sinceramente? Acho desnecessário querer essa liberdade toda nos tempos atuais rs E quando ela tiver essa "liberdade" tão desejada, não vai saber por onde ir. Penso assim, se acalme tudo tem seu tempo e com o passar dele "Fernanda" você entenderá.

    estrellando.com

    ResponderExcluir
  5. Primeiro a leitora em questão já não é tão menina e a primeira coisa que me veio a mente por os pais dela dizerem não a tudo é mesmo falta de confiança na maturidade dela pra fazer escolhas, uma jovem de 18 anos já tem uma noção da vida e sabe se posicionar chamar pra conversar uma pessoa da idade dela que pensa em sumir de vez sem nem ter tentado conversar, demonstra um grau de imaturidade emocional, ela trabalha o que ja mostra responsabilidade, logo tem espaço de ir e vir sabe ser responsavel, o que falta é se posicionar aprender a conversar bjocas
    BR
    http://projeto-gr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Às vezes os pais sabem que seu filho/filha não é tão responsável assim... mas quando se tem 18 anos, por lei, já se é responsável pela própria vida, porém, quando moramos em casa dos outros, não pagamos a conta, temos que aceitar as regras!
    Lindíssimo seu blog, já estou seguindo! *-* Daria uma olhadinha no meu? Comecei esses dias, espero que goste, e se gostar, me segue? Muito sucesso pra você :3 beijos. http://retornejuly.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Eu era assim, e até hoje sou um pouco. Posso sair, mas tem aquele lance de horário, entende?
    Mas conversar com os pais é de grande ajuda. Pelo menos foi comigo.

    Beijão.
    Vitamina de Pimenta

    ResponderExcluir
  8. Eu já passei por isso e acredito que tem que haver uma conversa entre as partes envolvidas. Os pais querem confiar nos filhos, mas como confiar num mundo tão horrível como o que estamos vivendo?
    Acho que a Fernanda precisa entender a preocupação dos pais e ir tentando modificar as coisas aos poucos.
    Você quer namorar? namore, mas com responsabilidade e consciência para não ter que perder o seu futuro numa gravidez indesejada.
    Quer sair com os amigos? Saia, mas também tenha responsabilidade para não beber ou fazer coisas que depois venha a se arrepender.
    Bom, eu acho que é isso... meus pais sempre me controlaram muito e hoje eu agradeço por isso, porque eu teria feito coisas que hoje não me orgulharia em dizer... aliás, até fiz, escondida.
    Mas depois que comecei a repensar nas coisas encontrei meu caminho e bem, hoje estou eu aqui com meus 20 anos e muito bem casada :D
    Acho que é isso...

    Beijão!

    http://lendocomaolly.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. É algo normal, mas aos poucos tempos que conquista a confiança dos nossos pais e mostrar a eles que somos responsáveis e que sair de fez em quando não é o fim do mundo.

    http://www.profanofeminino.com/

    ResponderExcluir
  10. É coimplicado.. às vezes os pais estão com as cabeças décadas atrás. Por isso, é difícil mudar... mas pq não se abrir e fazer com que eles tenham confiança?
    :*

    ResponderExcluir
  11. Nunca passei por isso, meus pais não deixam eu sair muito em época de prova e tals, e namorar eles liberam mas gostam de conhecer o menino e tals.
    De: Adolescente Para: Adolescente

    ResponderExcluir
  12. Eu entendo muito bem como isso funciona. Minha mãe sempre foi muito rígida, mas aos poucos eu fui conquistando a minha liberdade. Hoje eu tenho 22 anos e minha mãe ainda me atormenta quando eu vou sair com os meus amigos a noite. Mas nem sempre isso é sinal de falta de confiança. No caso da minha mãe, ela é uma pessoa mais tranquila, casada, e caseira, então ela não entende muito bem porque eu quero sair sempre, porque eu fico na rua até sei lá que horas da manhã, essas coisas... Mas tudo se resolve com conversa. Eu trabalho, tenho meu próprio dinheiro, e tenho o direito de gastá-lo no meu tempo livre.

    Blog | Facebook

    ResponderExcluir
  13. é complicado, com o tempo meus pais foram deixando mas até hj tem lugar que eles não deixam. ainda passo por isso, é só ter paciência. bjs

    ResponderExcluir
  14. Agora passo pela mesma situação...proibida de sair,o que fazer eu nao sei .Por que ja conversei com minha mae e ela disse que se eu sair estarei debaixo de desobediencia...eu amo minha mae,mas tbm tenho um namorado e ficar sem poder ve-lo ele vai acabar terminando...é ter 18 anos nao muda nada ...

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Deixe aqui sua opinião a respeito do post ou do blog ♥
Você pode comentar através do Facebook também! É rápido, simples e prático!